Medicina Veterinária

Objetivo Geral

Devem ser explicitados como objetivos gerais do curso – conhecimentos, atitudes, valores – presentes na caracterização do perfil do sujeito a ser formado, envolvendo dimensões cognitivas, afetivas, psicomotoras, nas seguintes áreas (Resolução CNE/CES Nº 01 de 18/02/2003):

  1. Formação geral: conhecimentos e atitudes relevantes para a formação científico-cultural do aluno;
  2. Formação profissional: capacidades relativas às ocupações correspondentes;
  3. Cidadania: atitudes e valores correspondentes à ética profissional e ao compromisso com a sociedade.

Nessa perspectiva, o objetivo geral é: formar profissionais generalistas, baseada no desenvolvimento da polivalência para estabelecimento de sistemas produtivos da formação e reconhecida a capacidade de raciocínio lógico, de observação, de interpretação e de análise de dados e informações. Deve ainda ser conhecedor dos aspectos essenciais da Medicina Veterinária, para identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética, humanística e sócio cultural, em atendimento às demandas da sociedade, atendendo os anseios dos acadêmicos flexibilizando e deixando de ser um elemento passivo, com liberdade de direcionar seu curso, dentro de uma linha geral, mas obedecendo seus anseios pelas áreas nas quais pretende atuar no futuro.

Oportunizar aos graduandos de medicina veterinária, integração teórica e prática dos conhecimentos e das habilidades desenvolvidas no curso, permeando a ação pedagógica, evitando a desvinculação entre elas, proporcionando-lhes uma formação que os habilite ao exercício profissional responsável, comprometidos com o contexto social e com o comportamento ético, objetivando o desenvolvimento das suas múltiplas competências no gerenciamento do bem estar e sanidade animal, bem como a saúde pública.

 Objetivos Específicos

Ainda, o curso de Medicina Veterinária nessa região, pretende atender aos seguintes objetivos específicos:

  1. Proporcionar situações de aprendizagem em que o acadêmico possa interagir com a realidade do trabalho, reconstruindo o conhecimento pela reflexão prática;
  2. Contribuir para a passagem da vida acadêmica para o mercado de trabalho, preparando profissionais competentes, capazes de assumir com integridade e responsabilidade suas funções, por meio de vivências e conhecimento do funcionamento das organizações no âmbito do mercado de trabalho específico da medicina veterinária;
  3. Incentivar o desenvolvimento das potencialidades individuais, propiciando o surgimento de novas gerações de profissionais empreendedores, capazes de adotar modelos de gestão, métodos e processos inovadores no campo da medicina veterinária, compatíveis com as constantes mudanças tecnológicas e ambientais;
  4. Promover a integração do Curso de Medicina Veterinária – Unidades Conveniadas – Comunidade, estabelecendo uma relação de cooperação mútua.
  5. Capacitar, na área de saúde pública, o acadêmico, para participar de equipes multidisciplinares nas áreas de Vigilância Sanitária de Alimentos e Vigilância Sanitária Ambiental, incluindo o controle das zoonoses;
  6. Praticar a clínica de animais em todas as suas modalidades com a utilização de alopatia ou tratamentos de medicina alternativa;
  7. Orientar e estimular o controle e profilaxia das enfermidades dos rebanhos;
  8. Executar cirurgias de natureza terapêutica e econômica;
  9. Elaborar e executar projetos de produção animal, utilizando técnicas adequadas para instalações, manejo, nutrição e reprodução, visando o bem-estar dos animais.
  10. Participar do ensino, do planejamento, da coordenação e da execução técnica de trabalhos de reprodução animal, incluindo manejo, tecnologia do sêmen, inseminação artificial, transferência de embrião e doenças da reprodução;
  11. Atuar em empresas de produção, transformação e/ou comercialização de produtos de origem animal, tanto para consumo humano quanto animal.
  12. Atuar na indústria de produtos de uso veterinário, tanto na produção como na fiscalização e comercialização dos mesmos;
  13. Planejar e executar atividades de extensão rural em harmonia com os interesses da comunidade;
  14. Participar de atividades que visam à preservação ecológica do meio ambiente, por intermédio da defesa da fauna e do controle da exploração das espécies de animais silvestres.

Em síntese, tendo em vista os objetivos explicitados anteriormente, o Curso de Medicina Veterinária da Faculdade São Francisco de Juazeiro intenciona a formação generalista de profissionais, qualificados para a atuação em todos os níveis de atenção à saúde e bem-estar animal, com uma visão ampla e global, respeitando os princípios éticos e bioéticos, morais e culturais.

O curso é fundamentado numa abordagem multidisciplinar, voltada à visão global, integrada e crítica da profissão e da atuação profissional, dotando o egresso de competência técnica, científica e administrativa, apto para a atenção à saúde animal, à tomada de decisões, à comunicação, à liderança, ao gerenciamento e à administração e fundamentalmente, à educação continuada.

É proporcionada ao aluno, sólida formação básica e de conteúdos específicos, inerentes ao conhecimento e à prática da Medicina Veterinária. Tal formação possibilitará ao educando condições plenas de exercer a profissão em seus diferentes campos de atuação.

O Curso de Medicina Veterinária intenciona, além de formar bons técnicos, à formação de cidadãos, os quais lutarão em favor de uma sociedade mais digna e justa, a fim de garantir um futuro próspero para as gerações porvindouras.

A concepção de ensino no Curso de Medicina Veterinária pressupõe o envolvimento do corpo docente, discente e técnico-administrativo em atividades que promovam a articulação entre a teoria e a prática, a investigação, o contato direto com a realidade e a formulação de hipóteses que devam ser transportadas para outros contextos.

A metodologia adotada para viabilizar o processo de ensino pressupõe condições facilitadoras da aprendizagem. Entende-se que as primeiras aulas relativas a cada disciplina e em cada semestre sejam fundamentais para que se consiga criar um clima de envolvimento, participação e motivação, necessários ao sucesso do processo de aprendizagem.

Além disso, o Curso pretende, através das disciplinas correntes, oportunizar aos alunos cursarem disciplinas fora da grade curricular, em seu curso ou em outros, estimulando assim a interdisciplinaridade, aspecto importante na formação de profissionais comprometidos com todas as dificuldades e limitações da sociedade em que vivem.

O Estágio Obrigatório, que acontece no último semestre do Curso, permite aos acadêmicos realizar atividades relacionadas à prática profissional.

Enfim, o Curso de Graduação em Medicina Veterinária tem o seu projeto pedagógico construído coletivamente, centrado no aluno como sujeito da aprendizagem e apoiado no professor como facilitador e mediador do processo de ensino-aprendizagem. Almeja-se a formação integral e adequada do estudante através da articulação entre o ensino, iniciação a construção do conhecimento e a extensão.

Perfil Profissional do Egresso

As definições de perfil do egresso/profissional atendem ao delineamento do Art. 3º das “Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina Veterinária”

O Curso de Medicina Veterinária da FASJ, como foi concebido, proporcionará sólida formação em matérias básicas, geral e profissional, formando assim o Médico Veterinário generalista que atenderá a demanda profissional, segundo as necessidades do país, preparando-o para o exercício em:

  • Clínica médica e cirúrgica animal e laboratório clínico veterinário em todas as suas modalidades;
  • Planejamento e execução da defesa sanitária animal bem como a assistência técnica aos animais sob qualquer forma, para assegurar a sanidade individual e coletiva;
  • Planejamento, administração de propriedades rurais, criação, produção, seleção e alimentação dos animais domésticos em todos os seus aspectos;
  • Padronização, classificação, inspeção e fiscalização do ponto de vista sanitário, higiênico e tecnológico de todos os produtos e subprodutos de origem animal, nos locais de produção, manipulação, industrialização, armazenamento, distribuição e comercialização, para melhorar os padrões de alimentação da população e realizar o controle das zoonoses;
  • Direção, fiscalização e controle de estabelecimentos e indústrias de produtos de origem animal, de alimentação animal, de serviços de reprodução, inseminação artificial e transferência de embriões, bem como de exposições com finalidade recreativa, desportiva ou de proteção animal;
  • Direção, docência e extensão, estabelecimentos de ensino e hospitais de medicina veterinária;
  • Formulação, produção e comercialização de produtos destinados à saúde animal, contemplando: fabricação, controle de qualidade, propaganda, promoção, treinamento, venda, importação e exportação, e desaparecimento do produto,
  • Defesa da fauna, especialmente o controle da exploração dos animais silvestres, bem como de seus produtos e a defesa incessante do meio ambiente, proporcionando métodos de criações optativos;
  • Organização de congressos, seminários, reuniões, campanhas e cursos destinados ao estudo da medicina veterinária e a organização da educação rural relativa à pecuária;
  • Estudo e organização de trabalhos sobre economia e estatística relacionadas à profissão do médico veterinário.
  • Desenvolvimento de capacidade gerencial, com um perfil proativo e espírito empreendedor, auxiliando na tarefa de promoção social e geração de empregos dentro da comunidade na qual se relaciona;
  • Desenvolvimento do perfil crítico e de contínua busca da atualização dos paradigmas inerentes à sua formação, que deverá ser de continuado aperfeiçoamento;
  • Formação sócio-política e de cidadania.
  • Atuar multiprofissionalmente e interdisciplinarmente, com extrema produtividade na promoção da saúde animal, baseado na convicção científica, da cidadania e da ética.

Enfim, seguindo o artigo 3º das Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino de Graduação em Medicina Veterinária de 18/02/2003, a FASJ, busca como perfil do egresso, um profissional crítico, reflexivo, ético, responsável, capacitado a atuar em todos os níveis de atenção à produção e saúde animal, baseado no rigor científico, com capacidade para desenvolver projetos e iniciação científica visando a produção de conhecimento, respeitando sempre os princípios éticos, bioéticos, culturais do indivíduo e da coletividade. Além das já elencadas competências, o formado deverá possuir habilidades na gestão de negócios, comunicação oral/escrita e nas inter-relações humanas.

Competências e habilidades

O curso de Medicina Veterinária da FASJ contempla em seu Projeto Pedagógico e em sua organização curricular conteúdos que revelem competências e habilidades nos diferentes campos do saber, propiciando uma formação holística, de acordo com as DCNs.

Em consonância com as Diretrizes Curriculares do MEC, o aluno deverá ser capaz de demonstrar conhecimento e compreensão sobre:

  • Produção Animal
  • Produção de Alimentos
  • Saúde Animal
  • Proteção Ambiental

O Curso de Graduação em Medicina Veterinária deve assegurar, também, a formação de profissionais com competência e habilidades específicas para:

  • Atividades de: prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças animais; produção animal; saúde pública; ensino e extensão.
  • Prestar colaboração científica a órgãos do serviço público, a empresas privadas, a centros científicos do país e do exterior,
  • Realizar desenvolvimento de tecnologias de interesse para o país na área da saúde animal e agropecuária;
  • Organizar programas de extensão, a fim de assistir a comunidade;
  • Desenvolver o senso crítico e investigador e conquistar a autonomia pessoal e intelectual, necessária para empreender a contínua formação na sua prática profissional;
  • Desenvolver a habilidade de comunicação: compreender e ser compreendido por diferentes pessoas, grupos ou comunidade;
  • Ser criativo, inovador e autocrítico, com ampla visão sócio cultural, procurando o auto crescimento e o crescimento do próximo.
  • Planejar e executar a defesa sanitária animal e participar de atividades em saúde pública, no tocante ao controle de zoonoses;
  • Proporcionar assistência técnica relacionada à seleção, criação, produção e alimentação dos animais domésticos;
  • Prestar assistência clínica e cirúrgica aos animais;
  • Atuar sob o ponto de vista do controle, sanitário, higiênico e tecnológico dos produtos de origem animal;
  • Direção, docência em Institutos ou Estabelecimentos que se relacionam com atividades de produção, ensino, iniciação científica e extensão relacionados aos animais;
  • Formulação, produção e comercialização de produtos destinados à saúde animal;
  • Defesa da fauna sob todos os aspectos;
  • Idealizar investigações em todos os campos de atuação da medicina veterinária.
  • Estimular o pensamento crítico e escuta sensível, a fim de atentar-se para as necessidades de seu paciente e para as teorias da ciência, mantendo uma postura de humildade perante o conhecimento e o respeito ao dono do animal e ao animal;
  • Realizar atividades de socialização do saber técnico-científico na área, através de aulas, palestras e conferências, além, de acompanhar e incorporar inovações tecnológicas, pertinentes à sua vida profissional;
  • Conhecer e controlar os produtos terapêuticos (fármacos), bem como, adequar a sua utilização à necessidade de cada indivíduo;

Avaliar projetos de impacto ambiental, propondo adequações, a fim de minimizar/evitar o desequilíbrio entre as espécies.